sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

O Plano da Felicidade








O Plano da Felicidade



"É difícil entregar-se?
Mas quem disse que é fácil ser feliz? 
Nem tudo é fácil na vida...
Mas, com certeza, nada é impossível 
Precisamos acreditar, ter fé e lutar 
Para que não apenas sonhemos,
 Mas também tornemos todos esses desejos, 
realidade!!!"
- Cecília Meireles



Tanto tempo havia se passado desde a sua partida que o sol esfriara e a noite tornara-se eterna. Depois de muito tempo distante, o meu anjo retornou, ele estava como sempre o conheci radiante e cuidadoso comigo, o seu protegido. Não havia mais punhal em meio peito, nem sangue em suas mãos. Ele me disse para aonde voou enquanto esteve longe de mim, explicou o motivo de ter partido, estava magoado consigo mesmo e não queria me ferir. Como um nômade vagou por vários lugares procurando a solidão, desde os confins do universo até os abismos marítimos dos mais diversos oceanos procurou abrigo, contudo por mais longe que fosse ele não podia fugir dele mesmo.

Estava confuso. Não tinha as respostas que tanto queria. Ele se questionava se eu o aceitaria mesmo ele tendo tantas imperfeições, se eu aceitaria seu gélido seio petrificado para me aquecer quando eu precisasse, se este deixaria de ser pedra e voltaria a palpitar por alguém, se seria o bastante para mim, se isso me faria feliz, se não iria me magoar novamente, se aceitaria os seus olhos míopes, sua boca e suas mãos pequeninas para me erguer quando precisasse...

- Você não precisa se indagar para saber se eu aceito sua boca provocante, seus olhos de fim de tarde e suas mãos pequenas, desde a noite que você desistiu da sua imortalidade para cuidar de mim, você tem todas essas respostas, aceitei ser feliz ao seu lado juntando nossas imperfeições e formando o nosso mundo perfeito. Não duvide do meu desejo, meu anjo, segure a minha mão como uma vez segurei a sua. O anjo me diz que está me fazendo sofrer e não enxergo por gostar muito dele, na minha estante retiro um livro de Shakespeare e declamo para ele: ”Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar”.

Eu sei que há um pouco de divindade em todos nós. Como sei disso? Para sermos tão amados apesar de nossos defeitos, apesar das dores que causamos a quem nos ama sem querer, este sofredor não desisti de nós, assim como Cristo não desiste do pecador, apesar de suas falhas. Somos um oceano de defeitos com pingos de perfeição. Amor não é apenas sentimento, são atitudes também. Deixe-me cuidar de você como um dia você cuidou de mim, preciso de você aqui perto... bem de perto... durma em meus braços mais uma vez enquanto canto para você:” Oh, sleep my child, under the fog there are shadows moving don't be afraid, hold my hand... I love you!!!"... Em pouco tempo, o anjo adormece e em meio ao sono murmura: "O plano... da... felicidade é... eu... cuido de você e você cuida de mim e nós cuidamos de nós mesmos um pelo outro.".

                                                                             Clayton Levi                                                                              

Nenhum comentário:

Postar um comentário