quinta-feira, 27 de junho de 2013

Guria(njo)

     

            Ele apesar de todos os problemas não ficava cabisbaixo por muito tempo, pois se sentia especial por ter uma guria(njo) em sua vida. Ela dava forças para ele continuar. Ele não podia está sempre segurando a mão dela ou afagando o rosto da mesma para que esta adormecesse tranquilamente, no entanto todo o tempo que dividiam, para ele, era o necessário para se sentir feliz. Toda vez que se despediam, ele beijava a testa(uréola) dela, porque sentia que de algum modo este pequeno gesto traria proteção para sua amada, enquanto ela não pudesse estar protegida de tudo nos braços dele. 

- Clayton Levi

Um comentário: