quarta-feira, 8 de maio de 2013

A felicidade

"... Deixo o fel por doçura permanente..." ¹. - Dante Aliguieri



     
   
        Ele pensa: "Se cada cabeça é um mundo, a minha é um universo repleto de sonhos bons.".

        Pessoas que mesmo longe estão perto. É maravilhoso tê-las em nossas vidas, pois distância não é sinônimo de ausência quando se tem o coração preenchido por sentimentos verdadeiros.  Em alguns casos, eles não se expressam com uma dicção perfeita, mas com a voz hesitante e atos firmes!
 
        Ele segue o seu próprio conselho: "Abra as janelas da alma e deixe a luz da felicidade entrar.".

        A vida o fez ser um navegador intrépido no oceano imensurável que existe dentro dele mesmo. Procurou achar em uma mulher vestígios de algo que nunca contemplou antes. Isto soa como um desbravador que adentra em uma floresta desconhecida em busca de se deparar com algo fantástico que ninguém tem conhecimento do que seja. Encontrou nela tesouros de valor inestimáveis - que o dinheiro não pode comprar. Encontrou nela o maior dos tesouros, a felicidade.

- Clayton Levi
_____________________________________

ALIGHIERI, Dante. Divina Comédia. Inferno V. Trad. de J. P. Xavier Pinheiro. São Paulo: Martin Claret, 2004. p.98.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário